Pôster de promessa aos trabalhadores


R$ 25,00
R$ 25,00
R$ 25,00

Pôster de promessa aos trabalhadores, 1985. "Мы обещаем рабочим и крестьянам сделать всё для мира. И мы это сделаем. Ленин." - "Prometemos aos trabalhadores e camponeses tudo fazer pela paz. E vamos fazer isso. Lênin."

Em todas as épocas e em todos os países, os homens progressistas se levantaram sempre para condenar a guerra e sugerir meios pacíficos de solucionar os conflitos entre os Estados. Mas isso não eram apenas sonhos generosos e utópicos, em contacto sério com a realidade.

A verdadeira doutrina da paz, científica e ativa, só pôde tomar corpo com a vitória do socialismo. com a edificação de uma sociedade capaz de abolir os antagonismos de classes no seu interior e baseando suas relações exteriores sobre a fraternidade entre os povos.

Não foi por acaso que o organizador do primeiro partido marxista de novo tipo, o fundador do Estado Soviético, tornou-se o criador e campeão de uma verdadeira política de paz, proletária e socialista.

A obra genial de Lênin foi continuada por Stálin, que a enriquece constantemente. Enquanto os imperialistas desejam lançar o mundo numa monstruosa destruição atômica e microbiana, um dos maiores méritos de Stálin é justamente o de se manter firme no leme, à frente das inúmeras forças que se reúnem e combatem em defesa da paz.

Da teoria e da prática de Lênin e Stálin, nesta matéria, podem ser destacados três princípios fundamentais:

— A guerra é um fenômeno social inerente, em nossos dias, ao imperialismo, e em cada caso concreto, é necessário revelar suas causas profundas e o seu verdadeiro caráter.

— O socialismo constitui a principal força de paz; a natureza socialista do Estado Soviético inspira toda a política exterior da URSS, colocando-a na vanguarda do campo da paz.

— A guerra não é inevitável, a despeito da vontade agressiva das potências imperialistas, a coexistência pacífica do socialismo e do capitalismo é possível; o estabelecimento de uma paz duradoura depende da capacidade das forças populares de amordaçar os incendiários de guerra e impossibilitá-los de causar danos.