Pôster Palestina Livre!


R$ 25,00
R$ 25,00
R$ 25,00

Pôster soviético de defesa da palestina. 1978.

«На оккупированной Израилем палестинской земле арестовывают и держат в заключении борцов против агрессии. За священное право своего народа иметь собственное независимое государство.»

"Em terras palestinas ocupadas por Israel, combatentes contra as agressões são detidos e presos pelo direito sagrado de um povo poder ter seu próprio estado independente."

Do artista: Каждан Е.А. (E. A. Kazhdan)

Publicado por: Плакат (Plakat)

Local de publicação: Moscou

Estilo: Realismo Socialista

A ocupação de Israel na Palestina e o apoio dos EUA ao genocídio e o papel da União Soviética.

O nascismento do Estado judaico tornou-se possível pela confluência de três fatores: a luta de massas dentro da Palestina e o apoio que lhe foi dado pelos povos de outros países; a posição firme e enérgica da União Soviética e das Democracias Populares no seio da Organização das Nações Unidas.

Bevin levou o problema da Palestina à ONU na esperança de emaranhá-lo ainda mais no conflito internacional e retardar indefinidamente a sua solução. Não há dúvida de que os Estados Unidos teriam feito o jogo da Grã Bretanha se a União Soviética não tivesse defendido vigorosamente as aspirações nacionais dos povos judeu e árabe. Há quem acredite que no histórico discurso de Gromyko a União Soviética adotou posição inversa à que mantinha e abandonou o seu ponto de vista sobre o sionismo. Esta apreciação é superficial. A URSS, baseando-se nos princípios leninistas-stalinistas, sempre se opôs ao imperialismo no Oriente Médio, como em qualquer parte, e sempre foi solidária com as lutas anti-imperialistas de todos os povos. O socialismo é, em principio, contrário a todas as formas de nacionalismo burguês, inclusive o sionismo. Mas o Estado Socialista foi e é solidário com as lutas de libertação das nações oprimidas, mesmo quando elas são lideradas por nacionalistas burgueses, que nunca são conseqüentes na luta contra o imperialismo.

Trechos do texto As Forças de Classe na Luta pela Independência de Israel

A. B. Magil

Texto completo em marxists.org